O Espírita

Divulgação da Doutrina Espirita

Estudos Espíritas

Estudos Espíritas

 

1) Vamos analisar com calma o problema das macumbas, centros de umbanda, candomblé, quimbanda e os centros de magia, primeiramente temos que colocar o seguinte, não estamos criticando pessoas, estamos analisando princípios e certas práticas. Os Espíritos Elevados e Superiores, não precisam de velas, charutos, cachaça, despachos, sacrifícios de animais, quem precisa e pede essas coisas são espíritos desencarnados ainda apegados a matéria e aos vícios terrenos, os bons Espíritos já estão depurados moralmente dessas coisas.
Os espíritos ainda apegados a matéria, querem manter as sensações da vida terrena, é por isso que eles procuram certas praticas viciosas, como, beber, fumar e outras sensações materiais . Os Espíritos Elevados já se libertaram dessas praticas negativas e nocivas, muitos desses espíritos atrasados são maldosos, vingativos e obsessores, temos que tomar muito cuidado nesses assuntos. Perguntamos, os Espíritos Elevados precisam de velas, cachaça, charutos e pede sacrifícios de pobres animais???

Vamos analisar a questão dos Animais, pelo estudo do Espiritualismo e do Espiritismo, sabemos que os animais são nossos irmãos menores na escala evolutiva, devemos respeitar e amar os animais, eles também estão evoluindo, existe nos animais um principio inteligente ou principio espiritual que está num processo evolutivo, como o ser humano. O nosso dever é respeitar e tratar bem dos animais, os Espíritos de Luz jamais vão pedir essas coisas ou praticas, quem pede sacrifícios de animais são espíritos maldosos e ignorantes ainda apegados a matéria e aos vícios terrenos.
O ser humano é um Espírito encarnado no mundo terra ou plano material para processar a sua Evolução Moral e Intelectual, no qual ele tem que se libertar das suas imperfeições morais, vícios, maus desejos e maus hábitos, para poder evoluir e crescer espiritualmente, portanto, qual o beneficio que essas praticas podem trazer para nossa evolução??
As pessoas que se entregam a essas praticas, só podem atrair pela Sintonia vibratória espíritos ainda apegados a matéria e aos vícios terrenos, os semelhantes atraindo os semelhantes, essa é a Lei das atrações. O Espiritualismo e o Espiritismo não mandam ninguém usar velas, roupas brancas, amuletos, talismã, imagens de santos, despachos, cachaça, charutos e sacrificar animais inocentes, nada disso existe no Espiritismo verdadeiro. Para se atrair os Espíritos Superiores e os bons espíritos, temos que cultivar pensamentos elevados, sentimentos nobres e ter atitudes positivas no bem e nas virtudes, pela lei das atrações psíquicas, o bem atraia o bem e o mal atraia o mal.
Existem centros de umbanda que não praticam essas coisas, devemos sempre analisar essas questões pelo crivo severo e sereno da Fé Racional, não podemos aceitar nada sem exame rigoroso, devemos sempre analisar e raciocinar.

Uma outra questão, os assuntos tratados nesses ambientes, são sempre assuntos relacionados a questões materiais sem elevação moral, assuntos como, volta da pessoa amada, sorte no jogo, melhoria nos negócios, prejudicar desafetos etc.
Os Espíritos Superiores e os bons espíritos só tratam de assuntos moralmente elevados, eles pregam a pratica sincera do Bem e das Virtudes, os Espíritos de Luz procuram moralizar, educar, disciplinar e espiritualizar as pessoas, incentivando elas a praticarem o amor e as virtudes. É pelo pensamento e sentimentos que entramos em sintonia vibratória com o plano astral ou mundo espiritual, e vamos atrair bons ou maus espíritos, conforme o padrão Moral desses pensamentos e sentimentos.
Não adianta usar objetos matérias, como amuletos, talismã, velas, roupas brancas e imagens de santos ou anjos, o que vale são nossos Pensamentos, sentimentos e atitudes. Uma pessoa falsa, maldosa, com vícios e maus hábitos, podem usar roupas brancas, velas, amuletos, talismã, falar em Jesus e em Deus, que não tem nenhum valor espiritual, o valor está em nossos Pensamentos e sentimentos. Ela tem que procurar combater as suas imperfeições morais, modificar seus pensamentos e sentimentos para melhor. Repetimos, não estamos criticando pessoas, estamos analisando princípios e praticas, os Espíritos de Luz jamais vão pedir essas coisas, que se encontram nesses centros de macumbas, candomblé e umbanda.

2)O ser humano é um Espírito encarnado no mundo terra ou plano material para Evoluir mediante seu Aprimoramento Moral e Intelectual, temos que ter uma Conduta Moral reta, praticar o bem e as virtudes, temos que combater os maus hábitos, os maus desejos, os maus pensamentos e os vícios, o Espírito precisa Vencer as influências negativas da Matéria para poder evoluir espiritualmente.
Temos que nos libertar das superstições e das crendices, temos que ter uma fé racional ligada a Ciência e a Moralidade, as superstições e o misticismo levam as pessoas para a completa ignorância das Leis espirituais, um exemplo, a pessoa para afastar os maus espíritos não precisa de velas, roupas brancas, amuletos, palavras sacramentais, sinais cabalísticos, talismã, terços, nada disso funciona, somente nossos pensamentos e sentimentos podem exercer ação Vibratória para atrair ou repelir os espíritos.
Nós somos o que pensamos e atraímos pelo pensamento o bem ou o mal, pelos pensamentos elevados e firmes no Bem e pela Conduta Moral reta, vamos afastar os espíritos inferiores e obsessores e atrair os Espíritos de Luz. A proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme, seus pensamentos e conduta moral. O Bem repele sempre o mal, assim como o Calor repele o frio.

3)O Deus bíblico que realiza milagres e fatos sobrenaturais não existe, o Deus bíblico é uma criação humana.Deus é Espírito, Ele não têm forma material e nem corporal, Deus é Luz ou Grande Foco de Luz, Ele estabeleceu Leis perfeitas, naturais, eternas e imutáveis, e essas Leis regulam tudo no Universo material e espiritual, tudo é Perfeição e Sabedoria na Obra do Grande Foco o Criador incriado. Não existem milagres e nem o sobrenatural, tudo é explicado de forma Racional e Científica pelas Leis do Criador, temos que ter uma fé racional sem superstições e crendices. O Deus bíblico tem as paixões humanas, como, a ira, a cólera, manda exterminar povos estrangeiros, pede sacrifícios de animais,como pode o Criador do Universo sentir cólera e ira, manda exterminar povos estrangeiros, mulheres e crianças, isso mostra que foi o homem que criou o Deus bíblico dentro da sua forma de pensar e sentir.Qualquer sentimento negativo não pode representar o Criador incriado. Basta analisar o velho testamento, no qual vamos encontrar um Deus que sente ódio e ira, o senhor dos exércitos que gosta de guerras. Temos que ter uma visão mais Racional e espiritualista sobre o Criador, como disse o Mestre Allan Kardec, a fé têm que ser Raciocinada e não cega.

4) Não podemos ser omissos e nem passivos diante das coisas erradas e falsas, o sacrifício de animais nesses centros de macumbas, é algo errado, vejamos, os Espíritos de Luz não pedem essas coisas que vemos nesses ambientes, somente espíritos inferiores apegados a matéria é que pedem esses absurdos.
J Herculano Pires no seu livro Mediunidade, fala que o Movimento Espírita deveria se LEVANTAR contra a matança de animais nesses centros, porem, muitos espíritas são omissos e passivos (covardes) diante desses assuntos, ficam calados.
Quem cala consente.
Allan Kardec fala em seus livros, que o objetivo principal e básico do Espiritismo é a melhoria MORAL do ser humano, perguntamos, qual a melhoria Moral que uma pessoa vai ter, usando, charutos, cachaça, velas, despachos, sacrificando animais inocentes???
Os animais merecem nosso respeito, chega de omissão.
Não estou criticando pessoas, estou analisando princípios e praticas.

5)O Espírito para poder Evoluir ele têm que Combater as suas imperfeições Morais, vícios, maus desejos, maus hábitos, maus pensamentos, temos que Dominar as influências negativas da Matéria, os vícios da bebida, do cigarro, da gula, do jogo, das drogas, são nocivos ao corpo físico e ao períspirito, os vícios provocam desequilíbrios no Espírito. Sem aprimoramento moral e intelectual ficaremos travados em nossa Evolução espiritual.
Os centros de macumbas visam na maioria das vezes interesses matérias, terra a terra, sem elevação moral, tratam de assuntos matérias vulgares, como, volta da pessoa amada, melhoria nas finanças, sorte com as mulheres etc.
O Mestre Allan Kardec fala em seus luminosos livros, que o objetivo principal do Espiritismo é a melhoria Moral do ser humano, perguntamos, qual melhoria moral uma pessoa vai ter usando charutos, cachaça e sacrificando inocentes animais???
Essa é a questão chave.
A melhoria moral e espiritual de uma pessoa está na pratica do bem e das virtudes, ser bom, ser correto, ser honesto, ser cordial, ser educado, cultivar pensamentos elevados e sentimentos nobres, combater os maus desejos, combater os maus hábitos, combater os vícios, respeitar os animais, isso é ser Cristão.
Os Espíritos Elevados e Superiores e os bons espíritos, só tratam de princípios morais elevados, que visam a melhoria moral e espiritual do ser humano, eles nunca vão tratar de assuntos matérias terra a terra,o ser humano precisa se espiritualizar se elevando acima das coisas matérias, devemos buscar e as Virtudes.
Esses espíritos que se apresentam nesses centros pedindo cigarros, bebida, charutos, velas, despachos, cachaça, só podem ser espíritos apegados a matéria, e muitos deles são maldosos, gozadores, embusteiros e obsessores, usam nomes falsos e pomposos e uma Linguagem melosa para enganar as pessoas, eles falam macio, cuidado.
São lobos em pele de ovelhas.
O Mestre Allan Kardec fala em seus Livros, que devemos passar pelo Crivo severo da Razão e da Lógica todos os ensinamentos e mensagens que venha do plano espiritual, só devemos aceitar o que tiver uma base Moral e Racional elevada.

6) Vejamos essa questão.
O que vai atrair os Espíritos Elevados e Superiores?
a)amuletos, talismã, velas, incenso, roupas brancas, imagens, charutos, e outros objetos matérias.
b)pensamentos positivos e nobres, bons sentimentos, a pratica sincera do bem e das virtudes, a conduta moral reta, a caridade, a honestidade, a fraternidade.

Essa é a questão que devemos analisar, pensar e raciocinar, nós somos o que pensamos e atraímos pelo Pensamento bons ou maus espíritos, nenhum objeto material tem ação para atrair ou repelir os espíritos desencarnados, nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, é o fator principal para estabelecer Sintonia vibratória com o plano astral ou mundo espiritual.
Uma outra questão.
Para afastar os maus espíritos ( espíritos inferiores, perturbadores e obsessores ), temos que buscar a nossa melhoria Moral e Mental, cultivar pensamentos puros, elevados e firmes no Bem, ter atitudes corretas e honestas, combater os maus pensamentos, combater os vícios, combater os maus hábitos, praticar a caridade e a fraternidade, ter uma fé racional e não cega, dessa forma a pessoa consegue elevar o seu padrão Vibratório, repelindo as vibrações negativas e pesadas dos espíritos obsessores, eles não conseguem entrar em Sintonia com a pessoa, as vibrações positivas repelem as vibrações negativas. Tudo é uma questão de Afinidade moral ou Sintonia, o Bem tem sintonia com o Bem, e o mal tem sintonia com o mal, tudo depende dos nossos PENSAMENTOS, SENTIMENTOS E ATITUDES.
Vamos concluir que a Proteção espiritual quem faz é a própria pessoa, conforme seus pensamentos e conduta moral, essas superstições tolas de usar, velas, incenso, roupas brancas, amuletos, talismã, imagens de santos, banho de ervas, palavras sacramentais, são tudo baboseiras do misticismo, não tem nenhuma base racional.
É no Pensamento e na Conduta Moral que está a defesa psíquica contra os maus espíritos.
Allan Kardec disse que são as imperfeições morais da alma que atraem os maus espíritos, portanto, temos que combater essas imperfeições morais, para podermos afastar esses espíritos maldosos e ignorantes do plano astral.

7) Todos os ensinamentos e mensagens que venha dos espíritos desencarnados, tem que ser analisados com muito cuidado e critério, por que, existe no mundo espiritual ou plano astral, muitos espíritos mentirosos, hipócritas, embusteiros, sedutores e mistificadores, que usam nomes falsos, pomposos e importantes para enganar as pessoas, eles também usam uma LINGUAGEM melosa, suave e doce para seduzir e mistificar, eles falam macio, são lobos em pele de ovelhas, temos que ter muito cuidado. O Mestre Jesus disse, cuidado com os falsos profetas, esses falsos profetas também existem no plano astral, são os mistificadores desencarnados, tudo fazem para iludir, enganar as pessoas.
Como evitar isso?
Não devemos aceitar nada cegamente e passivamente, todos os ensinamentos e mensagens que venha dos espíritos desencarnados têm que passar pelo crivo severo da Razão e da Lógica, para poder ser aceito, qualquer ofensa a Razão, a lógica e a Moral, denuncia um espírito embusteiro e mal intencionado. Portanto, a regra é essa, passar tudo pelo crivo rigoroso da razão e da lógica, a nossa fé tem que ser raciocinada e não cega. Os maus espíritos não suportam o exame rigoroso e racional das suas mensagens e comunicações, é por isso, que eles evitam a critica, e tentam colocar na mente das pessoas que criticar é algo ruim, eles querem levar as pessoas para um estado de aceitação passiva, ninguém critica, ninguém analisa, ninguém raciocina, ninguém questiona, ninguém pensa, somos robôs em suas mãos.
Os espíritos mistificadores e obsessores, usam nomes falsos e pomposos e também usam uma LINGUAGEM melosa, suave, doce, para seduzir e enganar as pessoas, tudo isso ocorre, por que, as pessoas não usam o crivo severo da Razão e da lógica, para analisar as comunicações mediúnicas.
Esses espíritos desencarnados que se apresentam nesses centros de macumbas, pedindo, charutos, cachaça, sacrifícios de animais e despachos, são espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos, muitos deles são maldosos, vingativos, embusteiros, sedutores e obsessores, são os espíritos imundos relatados nos Evangelhos, que as religiões chamam de demônios. Devemos evitar esses ambientes de baixa espiritualidade, são lugares perigosos.]

 

Wilson

(leitor de nosso blog)


Este assunto é polemico e não devemos generalizar, pois os afins se atraem, quem procurar um lugar para fazer o mal achará e quem procurar um lugar para realizar o verdadeiro amor também achará, Chico Xavier nos disse:

“Os nossos Benfeitores Espirituais nos esclarecem, frequentemente, que a Doutrina Espírita formula explicações mais lógicas, mais simples em torno dos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo, explicações essas, que nós encontramos com muita riqueza de minudências nas obras codificadas por Allan Kardec. Mas, explicam também, que todas as religiões são respeitáveis e que nossa atitude, diante de todas elas, deve ser de extremada veneração, pelo bem que elas trazem às criaturas humanas e por serem igualmente sustentáculos do bem na comunidade em nome de Deus.”

E no famoso programa Pinga-Fogo na década de 70 também houve menção aos terreiros de umbanda:

Reale Jr. – O senhor acha que os espíritos que se manifestam nos terreiros de umbanda, dizendo-se guias de cura, pretos velhos, índios, caboclos, são espíritos evoluídos? Como explica as curas conseguidas por muita gente conhecida, em terreiros? Será que o mal pode apresentar-se através do bem, ou então tomando a sua forma?

Chico Xavier –
Nós respeitamos a religião de Umbanda como devemos respeitar todas as religiões. Vamos recorrer aos casos das leis cármicas. Nos séculos passados, nos três, quatro séculos passados, nós – vamos dizer coletivamente – não estamos falando do ponto de vista individual, mas na condição de brasileiros, buscamos no berço onde nasceram milhões de irmãos nossos reencarnados nas plagas africanas, para que eles servissem nas nossas casas, nas nossas famílias, instituições e organizações, na condição de alimárias. Eles se incorporam, depois de desencarnados, às nossas famílias. Eles renasceram do nosso próprio sangue, nas condições de nossos irmãos, para receberem, de nossa parte, uma compensação que é a compensação chamada de amor, para que eles sejam devidamente educados, encaminhados, tanto quanto nós pretendemos educar-nos e encaminhar-nos para o progresso.

Então temos a religião de Umbanda que vem como uma organização dos espíritos, recentemente, porque quatro séculos significam um tempo curto nos caminhos da eternidade. Recentemente trazidos para o Brasil eles se organizaram agora, seja numa condição ou noutra. Nós no Brasil, não conseguimos pensar em termos de cor. Nós todos somos irmãos. De modo que eles organizaram uma religião sumamente respeitada também. Eles também veneram a Deus, com outros nomes. Veneram os emissários de Deus, com outros nomes. Respeitamos todos e acreditamos que em toda parte onde o nome de Deus é pronunciado, o bem pode se fazer. Agora encontramos na Doutrina Espírita, individualmente e coletivamente, a faixa que nos compete no campo de nossa evolução, para estudos do nosso destino, para estudos da imortalidade. Quanto a problemas de cura, permitimo-nos lembrar uma coisa: às vezes nós pedimos socorro a determinadas organizações para a cura imediata de determinados impedimentos físicos. Essa cura parece, talvez, forçada por nossas exigências, porque muitas vezes os nossos irmãos, trazidos das plagas africanas, se habituaram, de certo modo, a obedecer-nos quase que cegamente.

Eles se afeiçoam a nós com uma afeição terrível, do ponto de vista do egoísmo de que nós todos, por enquanto, principalmente se referindo a mim, somos portadores. Então exigimos uma cura que se faz de imediato no campo físico, mas nos esquecemos de que, às vezes, a cura física é um caminho para encontrarmos, mais adiante, desastres morais de consequências imprevisíveis. Então se as curas demoram no ambiente kardequiano, ou se demoram no campo da medicina, vamos respeitar o problema dessa demora, porque aquilo se verifica em nosso próprio benefício. Porque muitas vezes uma doença física, ou determinada provação em nossa vida doméstica, nos poupa de acidentes afetivos ou acidentes materiais, ou de fenômenos extremamente desagradáveis em nossa vida.

 

Em todos os lugares existem os bons e os maus – bons padres e maus padres, bons evangélicos e maus evangélicos,bons espiritas e maus espiritas, bons umbandistas e maus umbandistas e por ai vai …  cabe a nós distinguirmos o que queremos  … por isso Deus nos deu o livre arbítrio … para escolhermos o que realmente atende nossas expectativas no campo da fé … nós como espíritas não devemos jamais impor nosso doutrina ou dizer que estamos com a verdade, a tudo e a todos ao seu tempo …

O Espírita

About these ads

2 Comentários

  1. Wilson

    Divaldo P Franco disse que esses espíritos que se apresentam como preta velha, preto velho, caboclos, podem ser espíritos bons mais são IGNORANTES.
    Espíritos Ignorantes.
    Vejamos, os Espíritos de luz, jamais vão pedir charutos, cigarros, cachaça, despachos e sacrifícios de animais, somente espíritos apegados a matéria é que pedem essas coisas, ou seja, espíritos ignorantes.
    Em muitos centros de macumbas se pratica sacrifícios de pobres animais, somente espíritos inferiores podem pedir tais coisas, os Espíritos Elevados e os Bons Espíritos jamais vão pedir esses absurdos, os animais merecem o nosso respeito e o nosso amor, eles são nossos irmãos menores na escala evolutiva.
    J Herculano Pires em seu Livro Mediunidade fala que o Movimento Espírita deveria se LEVANTAR contra a matança de pobres animais nesses centros de macumbas, candomblé e quimbanda, como disse Divaldo P franco, esses espíritos são IGNORANTES e muitos deles podem ser maldosos, vingativos, sedutores e obsessores, devemos ter muito cuidado nesses assuntos.
    Vamos conhecer a elevação dos espíritos desencarnados pela sua LINGUAGEM e pelos seus Ensinamentos, um espírito que se apresenta numa reunião mediúnica pedindo cachaça, charutos, despachos e sacrifícios de animais, vamos analisar pelo teor Moral das coisas que ele fala e pede, que são espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos, ou seja, espíritos IGNORANTES sem luz moral.
    Vejamos essa pergunta, devemos aceitar esses sacrifícios de animais como um ato religioso??
    Ou devemos respeitar e amar os Animais, condenando essas praticas primitivas e absurdas??
    Uma outra pergunta, o que vai atrair os espíritos de Luz, velas, despachos, charutos, cachaça, sacrifícios de animais ou são os pensamentos puros e elevados, a caridade, o amor, a elevação moral, a pratica das Virtudes???
    Essas são algumas questões para podermos analisar pela fé raciocinada.

    • Como vivemos numa democracia, fale a pena ler também este texto sobre o comentário de Divaldo Pereira Franco.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 246 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: